Prefeitura de Lamim quer estimular a implantação de fossas sépticas - Prefeitura de Lamim

Prefeitura de Lamim quer estimular a implantação de fossas sépticas

O Município deu início à construção da primeira fossa séptica emFossa Séptica Evapotranspiração parceria com a EMATER-MG.

A iniciativa visa evitar a contaminação do solo e da água. Além disso, as fossas sépticas podem diminuir a incidência de doenças. As fossas sépticas indicadas pela Emater-MG são as que utilizam a tecnologia de tanque de evapotranspiração (Tevap). Esse modelo retém a parte sólida dos resíduos em um sistema fechado e permite a evaporação da água. Na construção do tanque das fossas Tevap são utilizados materiais como brita, areia, entulhos e pneus velhos.

Para construir o tanque, é feito um buraco que tem as paredes e o fundo impermeabilizados com cimento, evitando que os dejetos entrem em contato com o solo e contaminem o lençol freático. No local devidamente cimentado, são colocados brita, areia, entulhos e formado um túnel com pneus. Essa câmara de pneus é feita no centro do tanque e vai de uma ponta a outra do mesmo.

Fossa Séptica em ConstruçãoO tamanho mais comum do tanque é de 2 metros de largura por ummetro de profundidade. O comprimento vai variar de acordo com o número de usuários, sendo um metro por pessoa. A primeira fermentação da matéria orgânica acontece dentro do túnel de pneus e a segunda na zona de absorção das raízes de plantas cultivadas sobre a fossa. É a partir desse processo que é possível o tratamento final da água, que só sai do tanque por evaporação e absorvida pelas raízes das plantas.

O Prefeito Dr. Marco Antônio de Assis mostrou-se sensibilizado com este projeto e pretende estimular a sua implantação em todas as propriedades rurais a começar na cabeceira do rio. A intenção do Prefeito é que no futuro próximo sejam retirados todo o esgoto do rio e das nascentes como primeiros passos para a revitalização do rio, que conforme reforça “onde já nadamos um dia.”

O médico Prefeito acrescentou ainda que existe um projeto de construção de uma estação de tratamento de esgoto para o município e que trará benefícios para a população e para natureza. Para este fim, Dr. Marcão está a viabilizar recursos federais para sua implantação.

O técnico da EMATER de Lamim, Marcos Aurélio, salientaConstrução Fossa Séptica "Sítio Indico" em Lamim que existem 170 propriedades rurais na cabeceira do rio que corta o município e que, na sua maioria jogam seus esgotos diretamente no rio ou em sua bacia. Portanto, o estímulo à construção das fossas é vista pelo técnico da Emater, com bons olhos: “Nesta primeira fossa evapotranspiradora podemos torná-la um meio de conscientização dos produtores rurais, estudantes e a população em geral sobre a necessidade de cuidarmos melhor de nossos recursos hídricos. Nosso desejo, portanto, é trazer a comunidade para conhecer de perto a construção, seu funcionamento e sua importância.”

Conforme informou o Dr. Marcão esta fossa séptica é a primeira de muitas que serão construídas no município. A fossa protótipo está sendo implantada no “Sítio do Indico” na comunidade rural da Cachoeira.

Autor: Assessoria de Comunicação