Secretaria comemora os avanços e conquistas para o sistema municipal de saúde - Prefeitura de Lamim

Secretaria comemora os avanços e conquistas para o sistema municipal de saúde

Investimentos na área da saúde têm sido uma das grandes preocupações da administração Marco Antônio de Assis. Enquanto se observa em muitos municípios a carência de médicos e remédios, o impacto da crise econômica que tem sido um assombroso fantasma a abalar muitas prefeituras. Lamim, por outro lado, tem superado suas dificuldades com criatividade e aplicando com sabedoria os parcos recursos. Pese ái a determinação, sensatez e competência da gestão como fator decisivo. Os resultados já são sentidos pela população. São investimentos aplicados, em grande parte, com recursos próprios. Ou seja, sem receber ajuda do Governo Federal ou estadual.

A imediata revitalização do hospital, já no início de governo, seguidaNovos equipamentos fisoterápicos da aquisição de novos equipamentos, leitos e dois veículos, comprovam  que a preocupação com a saúde municipal seria prioridade. Seguiu-se daí a aquisição de novos equipamentos para os setor de fisioterapia. Hoje, o setor conta com dois especialistas na área, trabalhando com mais eficiência, qualidade e maior quantidade de atendimento e com excelentes resultados.

Médicos especializados

Relevante impulso dado à área da saúde pelo Prefeito Dr. Marco Antônio é a contratação de médicos especializados. Assim, a Secretaria de Saúde disponibiliza hoje, 6 (seis) tipos de especialidades: pediatria, ginecologia, cardiologia, urologia, cirurgia geral e obstetrícia. O próximo passo, segundo o Prefeito, é trazer o serviço de ortopedia.

Mais recursos

Para complementar o atendimento, a secretaria aumentou os recursos destinados para tratamentos em centros mais avançados para procedimentos e exames de alta complexidade, tais como, cirurgias neurológicas, angioplastias e exames de ressonância, cateterismo cardíaco etc. Isto sem se falar de medicamentos essenciais indicados “a dedo” pelo médico Prefeito e disponibilizados para atender às necessidades mais graves.

Parceria com a Faculdade de Medicina da UFMG

Fortalece ainda mais a infraestrutura do sistema de saúde municipal a já frutuosa parceria com a UFMG. Através do projeto “Internato Rural” médicos e acadêmicos da saúde da Universidade Federal de Minas Gerais, já estão atuando no município.

E não para por aí. Graças ao conhecimento e bom trânsito do ex-aluno formado pela UFMG, Dr. Marcão, a Secretaria Municipal está, à um passo, para firmar mais uma interessantíssima parceria com a Liga Mineira de Cirurgia da Faculdade de Medicina da UFMG. Destarte, professores e estudantes de medicina desta Faculdade e médicos residentes da área de cirurgia do hospital das clínicas estarão, em breve, atuando em Lamim. Para este fim, o Prefeito informa que o município estará adquirindo equipamentos necessários, e muitos dos procedimentos eletivos e ambulatoriais serão realizados no Hospital Divino Espírito Santo.

Oftalmologistas

Cartaz médico oftalmologistaOutro convênio realizado pela Secretaria Municipal de Saúde visa atender à demanda de oftalmologia inscrita na Secretaria. Uma equipe de oftalmologista estará atendendo em regime de mutirão nos dias 20 e 21 próximos, podendo retornar ao Município durante o transcorrer do ano, caso haja necessidade.

PSF x dengue e febre amarela

São duas as equipes que atuam no município acompanhado por um médico. Vale realçar as dificuldades de conseguir médicos que aceitem atuar em cidades pequenas. Contexto, em que, as boas relações da administração tem sido fundamental para o êxito dos trabalhos que estão em constante atividade.

A Secretária Municipal de Saúde Edvânea Araújo, comemora todos os grandes avanços e conquistas para a sua pasta e realça o grande apoio que tem recebido por parte do Prefeito. A enfermeira e Secretária Edvânea menciona o fato do município não ter registrado nenhum caso de dengue, durante o ano de 2017 e nestes 3 primeiros meses de 2018.

Também, enfatizou o trabalho vigoroso e determinado de sua equipeBusca ativa vacinação febre amarela de trabalho diante do alastramento vertiginoso da Febre Amarela. Os municípios vizinhos de Lamim tiveram casos registrados e até óbitos provocados pelo mosquito transmissor desta doença. Porém, em nosso município nenhum caso existiu até agora graças ao intenso trabalho do PSF e da Secretaria Municipal de Saúde. Cerca de 100% da população foi vacinada e está protegida.

É verdade que é uma obrigação do Prefeito e de sua equipe zelar e bem pela saúde no município. Os Estados e municípios têm obrigações legais estabelecidas, mas que nem sempre estes entes têm cumprido com o seu dever, sobretudo na área da saúde. Portanto, tanto para o Prefeito que é médico e para a Secretária que é enfermeira por vocação, cumprir com a obrigação é muito mais importante. É questão de comprometimento e seriedade.

Autor: Assessoria de Comunicação